ENSINO DE EMPREENDEDORISMO: DISCUSSÃO DE ESPAÇOS E PROPOSTA DE ECOSSISTEMA

  • Patrícia Viveiros de Castro Krakauer UNIFACCAMP e FATEC SEBRAE
  • Eric Krakauer UNICAMP
  • Roberto Coda UNIFACCAMP

Resumo

Ao se pesquisar sobre o ensino de empreendedorismo, percebeu-se que o papel das instituições de ensino no fomento ao empreendedorismo não é singular, estando atrelado a diferentes abordagens e espaços nem sempre percebidos como parte de um ecossistema de fomento a esse tipo de comportamento. Esta pesquisa visa apresentar os espaços existentes para o ensino de empreendedorismo em universidades brasileiras e propor um desenho inicial de um ecossistema do ensino empreendedor, com vistas a que pesquisas futuras possam testá-lo e aprimorá-lo. Trata-se de uma pesquisa exploratória, com abordagem qualitativa, que investigou cinco entre as principais universidades brasileiras. Além do levantamento de dados secundários, contou também com entrevistas em profundidade com professores de empreendedorismo. A análise de resultados mostrou que vários espaços são possíveis dentro de instituições de ensino para o ensino e fomento de empreendedorismo, entre elas, disciplinas, laboratórios, centros, incubadoras e núcleos. Outros agentes também se mostraram existentes, como governo, aceleradoras e instituições de fomento. A pesquisa justifica-se pela não convergência teórico-empírica sobre a temática, contribuindo com instituições que almejem aprimorar o seu ensino de empreendedorismo e com futuros pesquisadores que queiram dar continuidade à proposta apresentada.

Publicado
Abr 10, 2020
Como Citar
KRAKAUER, Patrícia Viveiros de Castro; KRAKAUER, Eric; CODA, Roberto. ENSINO DE EMPREENDEDORISMO: DISCUSSÃO DE ESPAÇOS E PROPOSTA DE ECOSSISTEMA. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 6, n. 16, p. 212, abr. 2020. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/299>. Acesso em: 06 ago. 2020. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v6i16p212-236.