O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores


1. Orientações Gerais


a) O artigo deverá ser redigido em português, espanhol ou inglês em papel formato A4 e conter entre sete e quinze páginas.


b) Fonte Arial, tamanho 12 para o corpo do texto, 11 para as citações diretas longas (acima de três linhas).


c) Espaçamento entre linhas de 1,5 cm no corpo do texto e simples nas citações diretas longas e nas notas de rodapé.


d) O adentramento dos parágrafos deve ser de 1,25 cm, e o texto deve ter alinhamento justificado, com 3 cm de margem superior e esquerda e 2 cm de margem inferior e direita.


e) O corpo do texto deve conter INTRODUÇÃO (revisão e literatura), RELATO CIRCUNSTANCIADO (métodos, resultados e discussões) e CONCLUSÕES (com base nos resultados e relação com os objetivos da pesquisa).


f) Notas de rodapé ao final de cada página correspondente e não ao final do texto.


g) Os textos devem ser escritos em português seguindo o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Nos textos em língua espanhola e inglesa deverão obedecer a norma culta de origem.


h) As citações em língua estrangeira ao longo do artigo devem ser mantidas em língua estrangeira, porém devem ser traduzidas para o português em notas de rodapé, mesmo que sejam traduções próprias.


i) As tabelas e gráficos devem estar em formato editável (.doc, .xls  ou mais recente no padrão Microsoft).


j) As páginas dos artigos não devem ser numeradas.


k) Os textos devem ser enviados no formato DOC, identificando o título do arquivo da seguinte forma: Título do trabalho. Ex.: Microensino_e_Design_Instrucional.doc


l) O e-mail para a submissão do artigo deve conter:


• Título do texto;


• Nome(s) do(s) autor(es), com seus respectivos títulos universitários e vinculação acadêmica;


• Endereço completo para correspondência, telefone e e-mail.





2. Sequência dos elementos pré e pós-textuais


2.1. Elementos Pré-textuais


a) Título em português centralizado em maiúscula, em negrito, sem ponto final, fonte Arial, tamanho 12.


b) Alinhados à direita: Nome do autor e a respectiva titulação (se houver), em negrito; seguido por um travessão com o nome da instituição ao qual o autor é vinculado, sem negrito. Na linha a seguir, o e-mail do autor.


Exemplo:                      


 Prof. Dr. José Roberto – Faculdade XYZ


joseroberto@gmail.com


Obs.: Caso haja mais um de autor, o procedimento deve ser repetido sem espaçamento entre linhas.


c) A palavra Resumo deve ser apresentada em negrito e em maiúscula. O Resumo deve conter no máximo 250 palavras e deve vir na linha abaixo do resumo, com espaçamento simples entre linhas.


Obs.: O Resumo deve conter os seguintes itens: tema; objetivos e/ou hipóteses de pesquisa; metodologia utilizada; principais resultados e as considerações finais.


d) O item Palavras-chave deve ser apresentado em negrito e com inicial maiúscula seguido de dois pontos e deve conter até cinco palavras separadas por ponto e vírgula, sendo a última palavra seguida por ponto final.


e) A palavra Abstract deve ser apresentada em negrito e em maiúscula. O Resumo em inglês deve vir na linha abaixo do Abstract, com espaçamento simples entre  linhas.


Obs.:  O  Abstract  deve  estar  em  conformidade  com  as  normas  estruturais  e gramaticais vigentes na língua inglesa.


f) O item Keywords deve ser apresentado em negrito e com inicial maiúscula seguido de dois pontos e deve conter até cinco palavras separadas por ponto e vírgula, sendo a última palavra seguida por ponto final.


 


2.2. Elementos pós-textuais


a) Referências bibliográficas.


b)   Apêndices   e   anexos   deverão   ser   incluídos   exclusivamente   quando imprescindíveis à compreensão do texto.


c) Ao final de cada artigo, deve-se incluir a seguinte frase:


“O conteúdo expresso no trabalho é de inteira responsabilidade do(s) autor(es)”.


 


3. Citações diretas e indiretas e uso do apud


a) As citações diretas longas (com mais de três linhas) devem ser apresentadas sem aspas, em parágrafo próprio, com recuo de 4 cm em relação à margem esquerda, letra tamanho 11, espaçamento simples.


Exemplo:


A  teleconferência  permite  ao  indivíduo  participar  de  um encontro nacional ou regional sem a necessidade de deixar seu local de origem. Tipos comuns de teleconferência incluem o uso da televisão, telefone, e computador. Através de áudio-conferência, utilizando a companhia local de telefone, um sinal de áudio pode ser emitido em um salão de qualquer dimensão. (NICHOLS, 1993, p. 181).


b) As citações diretas, no texto, de até três linhas, devem estar contidas entre aspas duplas. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação.


 Exemplos: Barbour (1971, p. 35) descreve: “O estudo da morfologia dos terrenos [...] ativos [...]”. / Segundo Sá (1995, p. 27): “[...] por meio da mesma „arte de conversação‟ que abrange tão extensa e significativa parte da nossa existência cotidiana [...]” ou “Não se mova, faça de conta que está morta”. (CLARAC; BONNIN, 1985, p. 72).


c) A expressão apud - citado por, conforme, segundo - pode, também, ser usada no texto.


Exemplos:


 Segundo Silva (1983 apud ABREU, 1999, p. 3) diz ser [...] 


“[...] o viés organicista da burocracia estatal e o antiliberalismo da cultura política de 1937, preservado de modo encapuçado na Carta de 1946.” (VIANNA, 1986, p. 172 apud SEGATTO, 1995, p. 214-215).


 No modelo serial de Gough (1972 apud NARDI, 1993), o ato de ler envolve um processamento  serial  que  começa  com  uma  fixação  ocular  sobre  o  texto, prosseguindo da esquerda para a direita de forma linear.


d) No caso de homepages ou web sites, indicar o endereço eletrônico no corpo do texto entre parênteses. Exemplo: (www.usp.br/sibi). Não esquecer de colocar a referência completa na bibliografia final.


e) Indicar supressão de partes do texto nas citações diretas com reticências entre colchetes.


 


4. Organização das seções e estilística


a) O indicativo numérico, em algarismo arábico, de uma seção precede seu título, alinhado à esquerda, separado por um espaço de caractere. Os títulos das seções devem ser separados do texto que os sucede por um espaço entre linhas de 1,5.


b) Títulos que ocupem mais de uma linha devem ser, a partir da segunda linha, alinhados abaixo da primeira letra da primeira palavra do título.


c) Todos os títulos e subtítulos devem vir apenas com a inicial maiúscula e numerados    progressivamente,    com    exceção    do    item    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  que  deve  vir  com  todas  as  letras  em  maiúscula  e  sem numeração.


 d) Os títulos de tabelas, figuras, gráficos, etc. devem vir grafados do mesmo tamanho do corpo do texto, fonte 12, justificados, sem ponto final e deverão ser numerados consecutivamente em algarismos arábicos, dispostos na parte superior de cada imagem.


 e) A indicação das fontes dos elementos gráficos (tabelas, figuras, gráficos, etc.) deve vir grafada em tamanho 11, justificada, seguida de ponto final, disposta na parte inferior de cada imagem.



 f) Ilustrações e Tabelas


Todas as ilustrações devem vir no corpo do trabalho, inserido no meio do texto em WORD, tão próximo quanto possível das referências sobre elas, não devendo exceder a área disponível para o texto ou ocultar o cabeçalho e/ou rodapé da página em que se encontram.


Todas as ilustrações inseridas nos textos também deverão ser remetidas em arquivo separado, para eventuais ajustes e correções. As figuras deverão estar em um dos formatos a seguir: TIF (taged image format) / EPS (encapsulated postscript) / CDR (corel draw 6.0) / DXF (Data Exchange Format) /BMP (Windows Bitmap).


 g) Desenhos como mapas, diagramas e esquemas


Devem ser produzidos preferencialmente em programas de desenho vetoriais como Corel Draw, Adobe Ilustrator e similares. Programa desta família garante a qualidade de imagem apresentado independente do tamanho da figura e do tipo de impressora utilizada.


Caso tenha que digitalizar (“scannear”) desenhos, mapas e diagramas, observe a qualidade do original e se a figura é composta apenas de linhas da cor preta sobre o fundo branco do papel ou se contêm tons de cinza.


 


4. Referências Bibliográficas


Apresentar as obras consultadas e de referência utilizadas para a redação do artigo ao final do texto, organizada seguindo a ordem alfabética do sobrenome do autor. Identificar a obra de acordo com os modelos indicados a seguir.


4.1. Livro 4.1.1. Citação com um autor SADER, Eder. Quando novos personagens entraram em cena: experiências, falas e lutas dos trabalhadores da Grande São Paulo, 1970/1980. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.


4.1.2. Citação com até três autores ENGELS, Friedrich; MARX, Karl. Obras escolhidas. São Paulo: Alfa-Ômega, 1980. 4.1.3. Citação com mais de três autores WAGLEY, Charles et al. Race and class in rural Brazil. Paris: Unesco, 1952.


4.2. Capítulo de um livro BENJAMIN, Walter. “Rua de mão única”. In: _____ . Obras escolhidas II. 5ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1995, pp. 09-69.


4.3. Artigos em coletânea LOEWITH, Karl. “Racionalização e liberdade”. In:FORACCHI, Marialice; MARTINS, José de Souza (orgs.). Sociologia e sociedade. Rio de Janeiro / São Paulo: LTC, 1977, pp. 145-62.


4.4. Tese ou dissertação acadêmica CARDOSO, Irene de Arruda Ribeiro. História, memória e crítica do presente: ensaios apresentados ao concurso de livre-docência. Tese (livre-docência). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2001.


4.5. Artigos em periódico FREHSE, Fraya. “Continuidade, ruptura ou o quê? Repensando interpretações sobre a urbanização paulistana de fins do XIX”. Plural, São Paulo, nº 8, 2001, pp. 87-119.


4.6. Artigo de jornal DUARTE, Paulo. “Negros do Brasil”. O Estado de São Paulo, São Paulo, 16 abr. 1954, pp. 8-9.


4.7. Textos disponíveis na internet IANNI, Octavio. “As ciências sociais na época da globalização”. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, vol. 13, nº 37, jun.1998. Disponível em:
<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69091998000200002&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 30 mai. 2006.


4.8. Duas ou mais citações de um mesmo autor e citações do mesmo autor com o mesmo ano de publicação FERNANDES, Florestan. A natureza sociológica da Sociologia. São Paulo: Ática, 1980a. ______. A Sociologia no Brasil: contribuição para o estudo de sua formação e desenvolvimento. 2ª ed. Petrópolis: Vozes, 1980b. Obs.: traço sublinear com seis toques.