BANCO DE DADOS NO-SQL X BANCO DE DADOS SQL

ESTUDO DE DESEMPENHO EM GRANDES MASSAS

  • Moacir de Souza Oliveira Faculdade de Tecnologia da Zona Leste
  • Nicole de Farias Melo Faculdade de Tecnologia da Zona Leste
  • Leandro Colevati dos Santos Faculdade de Tecnologia da Zona Leste
  • Wellington Pinto de Oliveira Faculdade de Tecnologia da Zona Leste

Resumo

Estamos na era das grandes massas de dados. O armazenamento e a manipulação de grandes quantidades de dados são um desafio. Houve uma época em que os bancos de dados do modelo relacional eram a única solução viável, por serem seguros e de fácil manipulação. Com os avanços tecnológicos e a popularização da internet em todo o mundo, a cada instante um número considerável de novos dados são gerados, devido a esse fenômeno surgiram novas abordagens de manipulação de dados, a fim de atender às crescentes necessidades do mercado. Os bancos de dados NoSQL estão sendo cada vez mais reconhecidos como alternativas ao modelo relacional para manipulação de dados. Ambas as abordagens são boas para determinadas situações. Este trabalho tem como objetivo fazer um estudo comparativo entre banco de dados relacionais e banco de dados NoSQL. A nossa pesquisa compara os dois bancos de dados para ajudar o desenvolvedor a identificar qual plataforma é mais adequada para uma massa de dados específica e, assim, auxiliar na tomada de decisão com relação a qual a melhor escolha para o projeto em questão. A metodologia usada nesse trabalho é a análise das arquiteturas dos bancos de dados e teste envolvendo grandes massas de dados para a verificação do desempenho de cada banco. Nos resultados obtidos na nossa pesquisa observamos uma diferença surpreendente entre o banco de dados MS SQL Server e o MongoDB no tempo de inclusão de dados. Outro resultado que nos chamou a atenção fora o tempo de consulta entre o MongoDB e o MSSQL, que se mostrou significativo para nossas conclusões sobre que banco é mais recomendável para grandes requisições. Também notamos que há diferença no consumo de recursos de cada SGBD, podendo influenciar na escolha de uma das plataformas.

Publicado
Ago 24, 2018
Como Citar
OLIVEIRA, Moacir de Souza et al. BANCO DE DADOS NO-SQL X BANCO DE DADOS SQL. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 4, n. 11, p. 298, ago. 2018. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/162>. Acesso em: 16 nov. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v4i11p298-320.