LOGÍSTICA REVERSA DE VASILHAMES DE BEBIDAS ALCOÓLICAS NO ESTADO DE GOIÁS

  • Wallace Terra de Carvalho
  • Oduvaldo Vendrametto
  • Arias Alessandro Wendel Borges de Lima
  • Rodrigo Franco Gonçalves

Resumo

A preocupação com as operações de pós-venda e pós-venda avançou nos últimos anos no setor de embalagens de bebidas. Como redução da taxa de descarte e aumento da reutilização de produtos e das embalagens quando possíveis, atendendo ao estabelecido na Lei nº 12305/2010, a Politica Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que trata do processamento e redução de resíduos no Brasil. A logística reversa pode ser apropriada para o retorno das embalagens retornáveis a produção, deixando as empresas obterem vantagens competitivas e redução de resíduos contaminantes do meio ambiente, além disso, permite a redução do uso de matéria-prima, para novos vasilhames de vidro. O objetivo deste trabalho foi mostrar a maneira abordada por uma empresa distribuidora de bebidas em vasilhames de vidro, utilizando a logística inversa da garrafa de bebida de vidro no estado de Goiás. Esta pesquisa mostra os diferentes fatores e a taxa de retorno de cada parceiro comercial para o processo logístico no estado de Goiás. Desse modo o fluxo de materiais e de informações com fornecedores e clientes ocorre de forma diferente, como também se alteram em cada caso na politica de logística reversa a ser utilizada com os parceiros comerciais.


 

Publicado
Nov 15, 2018
Como Citar
DE CARVALHO, Wallace Terra et al. LOGÍSTICA REVERSA DE VASILHAMES DE BEBIDAS ALCOÓLICAS NO ESTADO DE GOIÁS. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 4, n. Esp01, p. 118, nov. 2018. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/181>. Acesso em: 14 dez. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.vespi1p118-136.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##