PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS TRABALHADORES RURAIS DO SETOR SUCROALCOOLEIRO DO MUNICÍPIO DE NOVA OLÍMPIA – MT: IMPACTOS DA COLHEITA MECANIZADA

  • Cristiano Vieira da Costa Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Josiane Silva Costa dos Santos Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Bethânia Batista Carneiro da Silva Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Carlos Rezende de Pádua Junior Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Magno Alves Ribeiro Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Resumo

No setor sucroalcooleiro a proibição da queima da cana-de-açúcar fez acelerar a mecanização da colheita, exigindo uma mudança no perfil requerido do trabalhador agrícola. Nesse sentido, o objetivo da pesquisa foi traçar o perfil socioeconômico dos trabalhadores rurais de uma empresa do setor sucroalcooleiro, localizada no município de Nova Olímpia-MT. Trata-se uma pesquisa descritiva, com abordagem quali-quantitativa, quanto aos procedimentos técnicos estudo de caso, sendo o município de Nova Olímpia a área de estudo. A amostra é não probabilística, pois considerou os trabalhadores rurais responsáveis pelo plantio da cana-de-açúcar presentes na área rural no dia de aplicação da pesquisa, totalizando 60 entrevistados. Os instrumentos de coleta de dados foram formulários semiestruturados aplicados a gerente de recursos humanos e os empregados. O perfil de trabalhadores rurais identificados é de maioria jovem com faixa etária entre 18 a 35 anos, migrantes do Nordeste com renda familiar entre dois a três salários mínimos e acreditam que a principal mudança do processo de mecanização agrícola foi a falta de emprego. Em relação às contratações realizadas no período de 2000 a 2017, identificou-se que a empresa já chegou a contratar 3.330 trabalhadores rurais, todavia com o processo de mecanização esse número tem reduzido constantemente.

Publicado
Fev 1, 2020
Como Citar
COSTA, Cristiano Vieira da et al. PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS TRABALHADORES RURAIS DO SETOR SUCROALCOOLEIRO DO MUNICÍPIO DE NOVA OLÍMPIA – MT: IMPACTOS DA COLHEITA MECANIZADA. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 5, n. 15, p. 257, fev. 2020. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/265>. Acesso em: 27 fev. 2020. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v5i15p257-274.