GAMIFICATION – APLICAÇÃO, PERSPECTIVAS E CONTRAPONTOS ESTUDO DE CASO

  • Yuri Lázaro de Oliveira Cunha EAESP/FGV

Resumo

Este estudo tem por objetivo explorar a prática estratégica do emprego de dinâmicas e elementos de jogos em um contexto de realidade não jogo, conhecida como Gamification. Estudos evidenciam que a abordagem auxilia na educação, na adoção de tecnologias, aumenta o engajamento de clientes e da força de trabalho, entretanto não abordam os possíveis contrapontos no emprego desta prática. Através de um estudo de caso realizado em uma diretoria de cobrança e recuperação de créditos, dentro de instituição multinacional do setor financeiro, busca-se transcrever os elementos utilizados na abordagem, o cenário ex-post facto e as percepções dos envolvidos quanto à iniciativa. Foram realizadas entrevistas com o patrocinador da iniciativa e os colaboradores afetados, observação de artefatos desenvolvidos para a iniciativa, questionários para captar a percepção, analise de documentos e dos relatórios de desempenho. Observa-se aumento nos resultados apresentados pelos indicadores de desempenho. Em contrapartida, deterioramento do clima, aumento da competitividade e das pressões por resultado foram apontadas pelos colaboradores, como contrapontos. Como contribuição, recomenda-se que a prática estratégica de Gamification envolva times multidisciplinares na sua concepção e realização, para não incorrer em prejuízos organizacionais, sendo que a abordagem não apresenta um absoluto consenso teórico e prático, quanto aos benefícios e pontos de atenção.

Publicado
Abr 1, 2021
Como Citar
CUNHA, Yuri Lázaro de Oliveira. GAMIFICATION – APLICAÇÃO, PERSPECTIVAS E CONTRAPONTOS ESTUDO DE CASO. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 7, n. 19, p. 184, abr. 2021. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/388>. Acesso em: 18 set. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v7i19p184-202.