PROPOSTA DE MODELO DE BANCO DE DADOS DISTRIBUÍDO PARA O PRONTUÁRIO ELETRÔNICO ÚNICO DO PACIENTE

  • José da Silva Azanha Neto UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO
  • Débora Vigilia Canne Universidade Nove de Julho
  • Luis Antonio Coppa Ybarra Universidade Nove de Julho
  • Antonio Andrade dos Santos Universidade Nove de Julho
  • Jorge Rodolfo Beingolea Garay Universidade de Mogi das Cruzes/Universidade de São Paulo
  • Sergio Takeo Kofuji Universidade de São Paulo

Resumo

Os modelos atuais de prontuários são isolados e proprietários, tornando as informações do paciente dispersas, redundantes e sem integração, impactando na qualidade dos tratamentos e análises epidemiológicas. Foi proposto um modelo de dados composto por três níveis de informação: Síntese, Síntese Estendida e Prontuário Completo. A síntese é acessada com frequência e distribuída em bases de dados e os outros dois níveis são acessados quando a síntese for insuficiente. A grade computacional oferece objetivos de descentralização, escalabilidade e tolerância a falhas. O modelo foi suportado pelos servidores JAVA Parallel Processing Framework, GlassFish e MySQL. Nos resultados, foram elaborados 19 casos de uso e o modelo de entidade-relacionamento. Avaliou-se a latência da rede em 4 configurações na transferência da síntese pelo evento no MySQL. De 5 para 6 servidores, reduziu-se 29%. De 5 para 8 servidores, reduziu-se entre 49-67%. Concluiu-se que, a fragmentação do modelo diminuiu a latência, viabilizando sua operacionalização.

Publicado
Ago 24, 2018
Como Citar
AZANHA NETO, José da Silva et al. PROPOSTA DE MODELO DE BANCO DE DADOS DISTRIBUÍDO PARA O PRONTUÁRIO ELETRÔNICO ÚNICO DO PACIENTE. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 4, n. 11, p. 266, ago. 2018. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/155>. Acesso em: 22 set. 2018. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v4i11p266-280.