LUGAR DE MULHER É ONDE ELA QUISER: UM ESTUDO DAS MOTORISTAS DE PASSAGEIROS E CARGAS PERIGOSAS EM CURITIBA/PR

  • Kimberlee Josiene Bonatto Centro Universitário Campus de Andrade (Uniandrade)
  • Jéssica Alessandra de Farias Centro Universitário Campus de Andrade (Uniandrade)
  • Bruno Eduardo Slongo Garcia Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Resumo

O presente artigo tem por objetivo compreender como duas motoristas de cargas perigosas e passageiros narram os desafios enfrentados em profissões majoritariamente ocupadas por homens. A partir da coleta de dados por meio de entrevistas não estruturadas, foi empregada a análise de narrativas para compreender o conteúdo das falas das entrevistadas.  Desta forma, destacam-se todas as dificuldades que as mulheres enfrentam ao decorrer dos anos nas profissões que a sociedade classifica como masculinas. Assim, demonstramos que as motoristas narram os julgamentos que as colocam como incapazes de exercer profissões majoritariamente masculinas. Questões como assédio também são percebidas neste contexto e podem transitar entre assédio moral e sexual. Ademais, as mulheres são constantemente questionadas quanto as suas escolhas por profissões que culturalmente são masculinizadas, vencendo essas percepções por meio da persistência. Este estudo contribui para ampliar as discussões a respeito das assimetrias de gênero, em que as mulheres ficam limitadas a um repertório de profissões legitimadas como adequadas ao gênero, bem como dar voz as lutas que perduram a séculos por igualdade de gênero.

Publicado
Set 1, 2021
Como Citar
BONATTO, Kimberlee Josiene; FARIAS, Jéssica Alessandra de; SLONGO GARCIA, Bruno Eduardo. LUGAR DE MULHER É ONDE ELA QUISER: UM ESTUDO DAS MOTORISTAS DE PASSAGEIROS E CARGAS PERIGOSAS EM CURITIBA/PR. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 7, n. 20, p. 109, set. 2021. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/394>. Acesso em: 18 set. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v7i20p109-125.