PERCEPÇÃO DE CONSUMIDORES SOBRE AÇÕES DE MARKETING DE CAUSA DE EMPRESAS PRIVADAS

  • Claudia Rosa Acevedo EACH-USP
  • Leonardo Domingues de Oliveira EACH-USP
  • Rafael Mendes Silva EACH-USP
  • Bruno Alves Catão EACH-USP

Resumo

Em um contexto de intensificação das pressões sociais e institucionais por práticas mais sustentáveis e de posicionamento e defesa em relação a causas, as empresas assumem um papel importante enquanto atores sociais. É esperado das empresas privadas ações que geram algum impacto social ou ambiental. A literatura nos mostra que uma das estratégias que melhor equilibra a pressão por tais demandas com a sustentabilidade das atividades das empresas é o marketing relacionado a causa ou simplesmente marketing de causa, cujo objetivo é colaborar com determinadas causas através de parte dos lucros ou receitas geradas por determinados produtos ou serviços. O objetivo deste trabalho é identificar a percepção dos consumidores sobre tais ações de marketing de causa praticadas por empresas privadas. Utilizou-se a técnica de entrevistas qualitativas em profundidade para a coleta de dados e análise de conteúdo para análise das entrevistas. Os resultados apontam que, por mais que os consumidores acreditem que a intenção final é o lucro, eles ainda veem como positiva a ação de Marketing de Causa, e a confiança aumenta de acordo com o nível de integração do Marketing de Causa ao plano de negócios da empresa. O consumidor tende a favorecer marcas ligadas a causas sociais, porém esquece com facilidade qual marca patrocinou qual causa. A comunicação das ações e a transparência nos resultados se fazem importantes para conquistar o consumidor.

Publicado
Ago 22, 2020
Como Citar
ACEVEDO, Claudia Rosa et al. PERCEPÇÃO DE CONSUMIDORES SOBRE AÇÕES DE MARKETING DE CAUSA DE EMPRESAS PRIVADAS. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 6, n. 17, p. 40, ago. 2020. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/300>. Acesso em: 24 set. 2020. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v6i17p40-58.