A IMPORTÂNCIA DA INOVAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO NOS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

  • Norma Licciardi FATEC IPIRANGA
  • Jaceline de Souza Farias
  • Leonardo de Assis dos Santos

Resumo

As constantes mudanças nos cenários político e econômico têm exigido maior flexibilidade e inovação das organizações, em seus diferentes processos. Considerando que as empresas se mantêm competitivas por meio das atividades desenvolvidas pelos indivíduos que as integram, a Gestão de Pessoas vem se tornando, cada vez mais, uma área estratégica, que também precisa inovar para atrair e reter pessoas que possam agregar conhecimento e criatividade às organizações. Nesse sentido, o presente artigo visa apresentar as percepções dos profissionais de recrutamento e seleção acerca das melhorias proporcionadas pelo processo de inovação. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de caráter exploratório, a partir de referenciais teóricos, a fim de obter aprofundamento sobre a estruturação das etapas que compõem o processo de recrutamento e seleção, além de compreender como se aplicam suas distintas técnicas e ferramentas.  Além disso, foi aplicado um questionário para os profissionais da área em questão, com o intuito de entender quais são as principais vantagens obtidas pelas organizações que promovem a inovação para recrutar e selecionar pessoas. Os resultados da pesquisa demonstram que a substituição de métodos tradicionais por ferramentas contemporâneas, sobretudo as tecnológicas, tem propiciado melhores resultados de seleção às empresas.

Publicado
Dez 18, 2018
Como Citar
LICCIARDI, Norma; FARIAS, Jaceline de Souza; DOS SANTOS, Leonardo de Assis. A IMPORTÂNCIA DA INOVAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO NOS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 4, n. 12, p. 151, dez. 2018. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/133>. Acesso em: 19 set. 2019. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v4i12p151-177.