PRINCÍPIOS DE ECONOMIA CIRCULAR PARA O APROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DE ROCHAS ORNAMENTAIS NO DESENVOLVIMENTO DE PISOS DRENANTES

  • Luciana Belmira Felix dos Santos Soares
  • Nataly Senna Gerhardt Barraqui
  • Thiara Cezana Gomes

Resumo

No cenário atual de crescimento populacional e intenso desgaste dos recursos naturais, torna-se indispensável o uso de práticas mais sustentáveis. Nesse sentido, cresce a necessidade de um modelo econômico circular, no qual todos os tipos de materiais são desenvolvidos para serem recolocados na produção de forma eficiente. Assim, este artigo objetiva agregar princípios de economia circular no processo de desenvolvimento de um piso drenante que utiliza como matérias-primas os resíduos sólidos de marmorarias e pedreiras. A metodologia contemplou uma revisão da literatura com auxílio do Proknow-C, análises do mercado de rochas ornamentais no Brasil, obtenção de dados de resíduos sólidos gerados por marmorarias e pedreiras e, posteriormente, a discussão da proposta de reuso destes resíduos para produção de pisos drenantes.

Publicado
mai 6, 2022
Como Citar
SOARES, Luciana Belmira Felix dos Santos; BARRAQUI, Nataly Senna Gerhardt; GOMES, Thiara Cezana. PRINCÍPIOS DE ECONOMIA CIRCULAR PARA O APROVEITAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DE ROCHAS ORNAMENTAIS NO DESENVOLVIMENTO DE PISOS DRENANTES. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 8, n. 22, p. 286, maio 2022. ISSN 2446-5763. Disponível em: <https://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/476>. Acesso em: 14 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v8i22p286-307.