EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RESPONSABILIDADE SOCIAL: ANÁLISE DAS MATRIZES CURRICULARES E DOS PPC DOS CURSOS TECNOLÓGICOS DO IF/SP: UM ESTUDO DE CASO

  • Laércio de Jesus Barros
  • Rossimar Laura Oliveira

Resumo

Uma das obrigações da instituição universitária é ser um instrumento para a formação em educação ambiental, principalmente na (re) organização e no diálogo dos saberes com o intuito de aproximar-se dos problemas sócio-ambientais da sociedade. O objetivo deste trabalho foi verificar se as matrizes curriculares dos cursos tecnológicos do Instituto Federal de São Paulo estão de acordo com a Política Nacional de Educação Ambiental - PNEA (Lei 9.795/1999). O Instituto Federal de São Paulo (IFSP) é uma instituição de ensino superior presente em 37 cidades do estado de São Paulo. Para alcançar os objetivos propostos foi feita uma análise das matrizes curriculares dos 21 cursos tecnológicos atualmente ministrados nos campi do IFSP, cuja finalidade foi identificar quais cursos possuem em sua matriz curricular a disciplina de Gestão Ambiental e/ou outras disciplinas correlacionadas ao tema, além disso, procurou analisar os PPI, dos cursos que não apresentaram as disciplinas supra citadas em sua grade curricular. Como resultado obteve-se a distribuição dos cursos que apresentam ao menos uma disciplina de gestão ambiental em sua grade, bem como a distribuição deste contexto nos eixos tecnológicos. Foram encontradas 33 disciplinas distribuídas entre os nove eixos tecnológicos.

Publicado
mai 3, 2022
Como Citar
BARROS, Laércio de Jesus; OLIVEIRA, Rossimar Laura. EDUCAÇÃO AMBIENTAL E RESPONSABILIDADE SOCIAL: ANÁLISE DAS MATRIZES CURRICULARES E DOS PPC DOS CURSOS TECNOLÓGICOS DO IF/SP: UM ESTUDO DE CASO. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 8, n. 22, p. 162, maio 2022. ISSN 2446-5763. Disponível em: <https://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/495>. Acesso em: 14 ago. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v8i22p162-181.