INOVAÇÃO E METODOLOGIA EM STARTUPS: ANÁLISE DAS ESTRATÉGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO E OPERAÇÕES NO ECOSSISTEMA EMPREENDEDOR DE PERNAMBUCO

  • Fabiana Azevedo Delmondes

Resumo

Este estudo de caso explora a visão das Startups, em um ecossistema de inovação em Pernambuco, quanto à adequação das metodologias existentes para auxiliar a estruturação do modelo de negócio e sua relação com a tecnologia que deu origem ao seu produto ou serviço. Objetivo- Entender se as startups consideram que metodologias atuais as atendem frente aos diferentes tipos de tecnologia com os quais inovam.  Foi realizado um estudo de caso múltiplo de uma Incubadora de Startup X de Pernambuco e startups de seu ecossistema empreendedor, por meio de um Survey, estudo bibliográfico e de mercado. 94% dos respondentes afirmam inovar em mais de uma área do modelo de negócio, e 78% que a inovação possui mais de um eixo central de tecnologia. 67% informaram que 2 ou mais metodologias foram utilizadas na formação da startup. Os aspectos onde as metodologias foram suficientes para orientar as ações da equipe de sócios/fundadores foram: entender as necessidades do cliente (89%) e estruturar a estratégia de desenvolvimento do produto ou serviço (78%).  Os aspectos em que as metodologias foram consideradas deficientes foram: estruturar o funcionamento das operações da startup (39%), seguido por estruturar a estratégia de branding, estruturar a estratégia de captação de investimentos e estruturar a estratégia de modelo de receita da startup (todos com 33% das respostas). Os dados demonstram uma alta tendência entre as startups participantes da pesquisa de inovar em diferentes áreas do modelo de negócios e de utilizar inovações que possuem diferentes eixos centrais de tecnologia. Não foram encontradas evidências de que haja maior dificuldade em realizar a segmentação do mercado em virtude do tipo de tecnologia que está sendo utilizada. Por outro lado, outros aspectos, como estruturar as operações, podem não estar tendo uma construção facilitada pelas metodologias de formação de startup. Os dados parecem indicar que quanto maior o custo do desenvolvimento tecnológico sem observar a real demanda de mercado, mais difícil se torna adequar esta tecnologia a uma demanda não identificada anteriormente.

Publicado
abr 13, 2024
Como Citar
DELMONDES, Fabiana Azevedo. INOVAÇÃO E METODOLOGIA EM STARTUPS: ANÁLISE DAS ESTRATÉGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO E OPERAÇÕES NO ECOSSISTEMA EMPREENDEDOR DE PERNAMBUCO. South American Development Society Journal, [S.l.], v. 10, n. 28, p. 178, abr. 2024. ISSN 2446-5763. Disponível em: <http://www.sadsj.org/index.php/revista/article/view/698>. Acesso em: 19 jul. 2024. doi: http://dx.doi.org/10.24325/issn.2446-5763.v10i28p178-199.